Até “pequenos” empresários, como os catadores de recicláveis estão investindo no potencial do sol, gerando grandes economias até em pequenos negócios.

“Associação de Catadores de Santa Terezinha utiliza energia solar fotovoltaica para economia de gastos”

A associação de Catadores de Recicláveis de Santa Terezinha de Itaipu (ACARESTI) deu um belo exemplo de sustentabilidade ao instalar placas para geração de energia solar no barracão de 700 metros quadrados da associação. Esta iniciativa irá diminuir os gastos com a conta de luz que chega em torno de R$ 1 mil por mês, além de gerar energia limpa, renovável e contribuir com a preservação do meio ambiente.

 

O sistema de luz própria que está sendo instalado é o de geração de energia fotovoltaica, onde a luminosidade que o sol emite é convertida em energia elétrica, podendo ser usada no local de trabalho da ACARESTI. O sistema solar é economicamente sustentável e o investimento nessa tecnologia se paga com a redução de gastos na conta de energia.

O investimento de R$ 60 mil feito pela ACARESTI está sendo financiado por meio da parceria com a Itaipu Binacional. A associação de Catadores de Santa Terezinha terá uma economia significativa na conta de luz, e também já economiza há algum tempo com a água para limpeza do local, pois através de uma cisterna de 10 mil litros, utiliza-se a água coletada da chuva.

Todo o valor economizado com a conta de energia da ACARESTI será revertido para compra de equipamentos de segurança e outros materiais utilizados na Associação. A economia fica disponível no caixa da ACARESTI para suprir as necessidades de produtos utilizados na rotina de trabalho, como por exemplo, luvas, óculos, máscaras, uniformes, e qualquer outro produto que a associação precise para desenvolver seu trabalho. No entanto, uma pequena taxa administrativa deverá ser paga mensalmente à Companhia de Energia do Paraná (Copel).
Gerar energia solar no Brasil é uma ótima opção de economia, pois o País tem grande incidência de raios solares na maioria dos períodos do ano. Sendo assim, há uma grande quantidade de energia disponível para ser captada e utilizada. Não é possível afirmar o valor correto que será reduzido na conta de luz com a instalação do sistema solar, pois isso varia de acordo com fatores como a média de consumo mensal, variação nos preços da energia e o clima.

 

Algumas pesquisas revelaram que a energia solar gera uma economia que varia entre 50% e 95%. Depois de algum tempo, em média, sete anos, o investimento acaba sendo pago automaticamente pelo dinheiro economizado com a redução de custos. A conta de luz não chega ao custo zero, pois existem os encargos de contratação do serviço junto à distribuidora de energia elétrica, porém dependendo do projeto contratado a economia pode ultrapassar os 90%.

Posted in Sem categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *